sexta-feira, 11 de março de 2016

Pela Ética na Política






Pela Ética na Política



Por: Fernando Marin


"Quando os maus sobem ao poder, o povo se esconde de medo; quando eles caem do poder, o número das pessoas honestas aumenta. Pv 28.28"


 É, a política está mesmo agitada no Brasil. Enquanto em Brasília um senador esteve preso e hoje “trabalha” utilizando aquela tornozeleira eletrônica , o presidente da Câmara é réu, mas se nega a se afastar do cargo ,utilizando-se de diversos artifícios para tal, ministros são nomeados irregularmente e a nossa vida segue em frente.

 Nos estados e municípios falta dinheiro para o pagamento de salários aos funcionários. Em outros, a polícia caça vereadores e ex-vereadores acusados de desvios, como é o caso de São Fidélis e Itaocara, no Rio de Janeiro.

 Nem mesmo nosso ex- presidente Lula escapa de ameaças de prisão, com acusações diversas feitas a partir de investigações do Ministério Público.

 Hoje também é grande o número de políticos que lutam na Justiça tentando desesperadamente anular condenações que os tornaram inelegíveis, oriundas da nova e temida Lei da Ficha Limpa, uma iniciativa popular que está sendo bem aplicada e que vem limpando o cenário político brasileiro.

 Parece que algo vem mudando em nosso país, finalmente. Até recentemente, as pessoas do bem procuravam se manter afastadas da política , tida como algo dominado por gente sem ética, sugadores do erário e que se locupletavam com uma relação promíscua com grandes empreiteiras e conluios armados com a finalidade do enriquecimento ilícito.

 Sim, algo está mudando, o anseio popular por uma política ética e feita por pessoas de bem tem encontrado eco em alguns setores da própria política, da Justiça e das cortes superiores do Brasil, onde bons promotores e juízes vem fazendo bem o seu trabalho – com grande apoio do povo – em prol de uma administração pública decente e voltada para o bem estar das pessoas.

 Infelizmente ainda há quem ache que não há nenhum político honesto, e que as coisas continuarão como eram por muito tempo. E continuarão enquanto essas pessoas apenas criticarem mas deixarem de participar, de cobrar, de tentar eleger pessoas com passado limpo e que tenham reais condições de prestarem um bom serviço ao povo.

 Me entristeço quando ouço de alguns que não mais participarão das eleições, desistiram de votar. Esse pensamento apenas facilita a vida de maus políticos, que acabam se elegendo se aproveitando das complexas matemáticas ainda presentes no nosso processo eleitoral, como chegamos a assistir nas últimas eleições.

 Me entristeço quando ouço de pessoas que nada vai mudar, que esses maus são poderosos, que compram a todos, alguém tem que fazer alguma coisa, dizem, desde que não sejam eles próprios a buscarem a mudança.

 Me entristeço quando vejo pessoas sendo enganadas (ainda) por promessas de cargos e de empregos por maus políticos, pessoas cúmplices da roubalheira, que torcem e trabalham pela eleição de maus apenas para poderem se aproveitar de umas “sobrinhas”.

 Me entristeço quando vejo pessoas atrás de políticos com pedidos diversos, dinheiro, remédios, materiais de construção, e que se aborrecem com um não, como se fosse a obrigação do candidato os suprirem com o que solicitam.

Sim, vejo uma luz no final desse túnel. Vamos em frente! Lutemos por mudanças, pelo novo, pelo honesto! Há muita gente boa que pode efetivamente trabalhar sério pelo município, pelo estado, pelo Brasil!

 Que haja uma mudança real de mentalidade não apenas da parte dos políticos, mas principalmente do povo ! 

 Que se escolha não aquele que dá algo ou promete dar, mas que se vote em quem pode e vai cumprir com a obrigação que seu cargo requer.

 Eleja com decência para que depois possa cobrar seus direitos.

 É a minha mensagem hoje.


Fernando Marin

7 comentários:

  1. Precisamos ter bons candidatos para acertarmos na escolha!
    Eu tenho esperança de que o Brasil tenha políticos sérios assumindo posições elevadas.
    Precisamos ver e ter a saúde, segurança e educação tal como está descrito na Constituição Brasileira.
    Como eu almejo isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edilene
      Sim, existem bons políticos. E podem existir mais, se o povo souber escolher e aplicar bem seu voto.
      À luta!

      Excluir
  2. Parabéns pela mensagem Pr.Fernando Marin. Uma mensagem sucinta cheia de grandes verdades...nós somos responsáveis pela escolha que fazemos, sempre falo para ás pessoas que são pedintes nesta época de eleição que o melhor candidato é aquele que faz um trabalho para todos, não aqueles que faz por um grupo de pessoas. Esperança é o que precisamos ter. O Senhor continue te abençoando poderosamente...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellis
      Sim, verdade. O povo diz que os políticos são corruptos, mas é enorme o número de "pedintes" e de bajuladores, almejando alguma coisa, quando o candidato for eleito.
      E isso não é corrupção também?
      Quantas vezes ouço "lá em casa somos x votos, se não der o que peço, vai perder..."?
      O povo tem o governo que elege. É hora de mudar!
      Abração!

      Excluir
  3. Muito bom, Fernando!
    Vou compartilhar no Circulo Teológico meu Perfil "Profissional"(no Facebook).
    Abraços!

    ResponderExcluir